Rss Feed



  1. Maristela Impellizieri Ribeiro Aubin
    Patrono:Carlos Drummond de Andrade


    Maria das Mercês Meira de Alvarenga, Wagner Quaresma Damázio, Darlan Correa Dias, Júlio César Tebas de Avelar, Carlos Roberto Nascimento.

    Com que prazer os recebe a nossa Instituição! Sua presença fortalece o grupo que constitui a Equipe desta Casa de Leitura prazerosa, de Escrita consciente, de mágica Poesia... Bem Vindos!Produzir Literatura “é criar oásis com mãos, pena e papel; ocas de sonhos para nos abrigarmos das tempestades da vida”. (Edinara Leão) A Literatura quer sempre emergir e aflorar em novos estilos, novas identificações, em talentos que chegam e não mais vão embora. Um escritor nunca morre, quando deixa sua marca, através de suas obras, nas mentes daqueles que o leram e de si apreenderam sentimentos, cuidados, realidade, fantasia, sensibilidade, maturidade, além de, com certeza, suas atitudes, seus exemplos de vida, sua contribuição sensível para as pessoas, para o mundo, trazendo, na magia das palavras, ditas ou escritas, o milagre do amor e do otimismo, sempre propícios a tantos e a cada um.“RENASCER PARA SER” é o lema do logotipo da Instituição Cultural que identifica a “Academia Valadarense de Letras”. E Renascer é toda a história de uma semente, inclusive Literária: é vida que vem, por merecimento, pelo esforço de tentar voar mais alto, conquistar expressões próprias, inspiradoras, que alcancem leitores de todas as idades, de todos os grupos sociais, promovendo o acesso à cultura, formando sociedade leitora, produtora do ofício de escrever, passageira das viagens maravilhosas que o hábito da leitura proporciona às nossas vidas.Todo aquele que cultiva os dons com que foi agraciado, tornando-os fontes de benefício e aconchego, luz e repouso, caminho e refúgio, faz-se bênção. Bênção de estímulo moral que encontra “multiplicadores”; cultiva dons aquele que semeia princípios, alegrias, felicidade, risos, respeito, confiança, fraternidade. E será através da Literatura que estenderá estas virtudes, mais que conhecimentos, ao público que lê. Mais que informação, a Literatura prestará serviço de educação e consciência de cidadania pelo dever da inclusão, direito de todos. Assim, Caros Novos Companheiros, quinteto de Esperança que adentra ao mar de nossa Casa, desejamos que os turbilhões e redemoinhos da linguagem incorreta e maltratada sejam acalmados com sua palavra bem formulada, criativa, inspirada. Que a estética das figuras de linguagem deixe passar os seus leitores pelos abismos dos vícios semânticos, sem serem molestados. Cumprimentamos, pois, os novos acadêmicos que se integram à Academia Valadarense de Letras. Certamente, chegam para acrescentar significativos valores sociais e educativos, novos matizes à escrita, com personalidade própria, através de sua contribuição positiva para a formação de leitores pensadores, incentivando a presença da literatura em nossa Governador Valadares. A cidade os abraça com esperança renovada por ter seu nome uma vez mais reconhecido pela Educação que imprime, através da Cultura local, democrática, aberta, consciente de ordem e responsabilidade social. A bandeira da Ética, símbolo que motiva e exalta a Academia Valadarense de Letras, seja a Estrela Guia de seus passos ao encontro da vitória na luta pela boa Literatura, como todos merecem... e precisam.Nunca nos esqueçamos que escrever é desafio; que gostar de ler se alcança por conquista; e que, ambos, são elementos do grande tesouro que só pertence ao Homem: o dom da Comunicação.


    Saber sonhar, olhar, sentir, sorrir, viver.
    Saber receber, compreender, doar, participar, querer.
    Saber conhecer, reconhecer, compor, dispor, agradecer.
    Saber criar, gostar, amar, valorizar, conseguir.
    Saber chorar, retribuir, distribuir.
    Saber cantar, rezar... Saber... saber.
    De tudo, um pouco. Até mesmo, do nada...
    Por mim e... por você.
    BEM VINDOS! Produzam encantamentos! Por isso, estamos em festa!

  2. 0 comentários:

    Postar um comentário

Followers